quarta-feira, janeiro 25, 2006

Putos, Cotas e Trintas

Acredito que a minha geração, os Trintas, é a que tem melhor gosto.
Temos melhor gosto que os Cotas e, sem dúvida, melhor gosto que os Putos.
Vou só aqui referir alguns exemplos:
Música, ouvimos de tudo. Desde antiguidades até ao mais recente, e temos um ouvido isento de cera, para ouvir o melhor de tudo;
Cinema. Fomos nós que inventamos a crítica construtiva;
A Moda (a sério) começou há dez anos. Quando um de nós, os Trintas, que nessa altura ainda era um Vinte, se lembrou de combinar o antigo com o novo...;
Comida. Nesta idade já gostamos de tudo, sopa e peixe inclusivé. Talvez não sejamos as melhores bocas, mas petiscos é connosco.
As gerações anteriores ficaram paradas no tempo, em tudo!
As gerações mais recentes, só querem o aqui, agora. O ali, antes ou depois, não presta.
Mas penso que seja como os meus amigos que são pais me dizem. Os putos só sabem o que lhes ensinam. E os pais têm que ser os primeiros e mais influentes a ensinar-lhes o bom gosto, ou apenas gosto.
Um Puto bem ensinado, é um puto com futuro; um Cota atrasado, é um cota, só tem passado.

2 comentários:

marco disse...

eu tb faço parte dos trinta

André disse...

Desculpa Marco, mas enganaste-te na palavra chave.
A palavra-chave é: A abelha Maia e a Heidi são umas pu.....ras donzelas!
Continua a tentar, hás-de (e não há-des) lá chegar.