quinta-feira, janeiro 26, 2006

O meu oásis era um cigarro e um café

Já faz duas semanas (mais) que deixei de fumar. Até agora, tenho conseguido fugir dos fumadores com mais ou menos sucesso.
Parece-me que o mais difícil já passou, ontem consegui ver um filme inteiro com fumadores. Não sei qual é o título do filme, mas não me admirava nada que tivesse a palavra cigarro.
Não foi à primeira, nem à segunda tentativa que consegui, de facto foram várias as tentativas...
A última vez que deixei de fumar, aguentei, com sucesso, durante pouco mais de um ano. Dessa vez, só me custou a primeira semana. Mas isso foi há dez anos. Agora, já lá vão duas semanas, e ainda me custa.
Sim, é verdade! Foi daquelas resoluções de fim de ano; e sim, é verdade! O tabaco anunciava (já está?) uma subida de preço exorbitante.
Tenho comido como um porco, ou talvez um animal de maior porte. Mas é mais fácil perder peso do que deixar de fumar.
Não sei porquê que me fui viciar, eu era um tipo tão certinho.

6 comentários:

Concinha da Mata disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Concinha da Mata disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Concinha da Mata disse...

É só para te informar que o tabaco ainda não aumentou! Estás a tempo de voltar atrás com essa decisão. Nós lá por casa também estamos a fazer um esforço.
Parabéns, espero sinceramente que consigas deixar essa porcaria

Concinha da Mata disse...

P.S. Apaguei o outro comentario porque tinha um erro.

André disse...

Podes apagar comentários no meu blog? Pensava que só eu é que tinha esse poder...agora fiquei aborrecido.

André disse...

Para além de não fumar, também não bebo café. Ou por outra, bebo muito raramente. Porque, sabes, o café sem tabaco não tem piada.
Então também poupo no café.
Não percebi o que é que queres dizer com "estamos a fazer um esforço"? Deixaram de fumar ou ainda estão nas tentativas semanais.