terça-feira, dezembro 08, 2009

X, Y e Z para o cabelo

Hoje fiz uma coisa que pensava que nunca faria...
Fui ao barbeiro, e perante a pergunta "como é que quer que corte?", respondi "curtinho"; mas pareceu-me ver alguma hesitação no barbeiro, e imediatamente saquei do meu telemóvel e comecei à procura de uma fotografia minha onde estava mais jeitoso. Durante o processo de procura notei alguma estupefacção no rosto do homem. Lembrei-me imediatamente que UM GAJO nunca faz estas cenas. Fiquei lixado, mas fui até ao fim e mostrei-lhe a foto. Como se não bastasse, em jeito de auto-gozo, perguntei-lhe se precisava de mais coordenadas (e dei uma gargalhada para enfatizar que era comigo que gozava). Obviamente que esta boca foi entendida como se estivesse a gozar com ele. Passei uns dos trinta minutos mais suados da minha vida: não se irrita um homem com tesoura e navalha.

P.S. Uma piada machista: Não seria giro se houvesse um cabeleireiro só para mulheres chamado Barba Azul?

quarta-feira, dezembro 02, 2009

Lenha para me queimar

Instalei um par de walkie-talkies para ouvirmos o choro da Catarina quando estamos fora do quarto. Os walkie-talkies têm sido utilizados pela Adelaide para me chamar quando é preciso mudar fraldas. Algo correu muito mal...