quinta-feira, março 03, 2005

Driving up Miss Daisy

Os condutores, na sua maioria, não têm educação nenhuma!
São uns bisontes desgovernados que de repente se encontraram fora do curral.
São capazes de ver a velha a atravessar (incorrectamente, fora da passadeira), que não alteram a velocidade. Em vez, preferem desviar-se, fazendo-lhe uma razia milimétrica e só não a matando de coração porque ela nem se apercebeu do quadrúpede que se dirigia a ela à velocidade da estupidez.
De vez em quando, onde eu moro, ouço um estrondo e vejo uma velha ao longe a ser projectada pelos ares. Eu digo que é onde eu moro porque parece que os ruminantes são largados na minha zona com mais frequência que noutras.
Eu até tenho um amigo que, nos primeiros dias de ter tirado a carta, foi logo atropelar uma velha. Parece que estava com pressa...
A velha e o meu amigo, depois da tracção no hospital, tornaram-se grandes amigos. Eu acho que ela estava era com medo que ele a passasse a ferro outra vez.
De qualquer maneira. Este meu amigo juntou logo, ao início, créditos à sua carta. Raramente alguém consegue acertar numa velha logo ao princípio, são precisos meses de prática. Eu até pensei - Será ele "The One"? Pelo menos, tinha o kung fu em dia!

2 comentários:

Dizeres Meus disse...

Esse amigo, não será por acaso um certo géninho?

André disse...

Sem dúvida. Acertaste na mouche!