quinta-feira, março 03, 2005

As passadeiras são para inglês ver!

Não sei se sou só eu, mas quando atravesso uma passadeira para peões sinto-me na obrigação de correr para não "atrapalhar o tráfego". Se não o faço e por acaso estabeleço contacto visual com a besta quadrada atrás do volante, reparo que não está com cara de bons amigos. Fico logo com a consciência pesada.
Claro que isto tem uma explicação!
Nas nossas estradas o condutor é rei e senhor! E o peão é o servo, ou melhor, como dizia o outro - o "moço das mijas".
E quando um peão se atreve a atravessar uma estrada é bom que tenha uma justificação muito boa e mesmo assim...
Qualquer dia somos obrigados a preencher uma declaração de intenção, quatro dias antes de atravessar a estrada.
A culpa é toda destes fungos, armados em carapaus de corrida, que se põem atrás de um volante.
Se eu mandasse, mandava-os todos à merda!

2 comentários:

Dizeres Meus disse...

não mandas nisto
Mas podes mandá-los à merda à mesma.
Mas muda lá o É do titulo por SÃO, para isso ficar gramaticalmente bem.

André disse...

Tens razão, já mudei. Obrigado
Já agora: "gramaticalmente bem" ou "gramaticalmente correcto". Não leves a mal. Era só uma piada a la Gato Fedorento