quinta-feira, março 22, 2007

Vamos à escola!

Aqui vão cinco regras para escrever eficazmente - para mim e para ti; Estas regras foram desenvolvidas pelo grande George Orwell.


1 - Nunca use uma metáfora ou figura de estilo que apareça regularmente nos media.

Estas frases comuns já têm uma carga emotiva associada, para além de serem confortáveis e melódicas. Por esta razão falham em criar uma resposta emocional adequada ao nosso contexto. Tome o seu tempo para criar novas e poderosas imagens.


2 - Nunca use uma palavra longa quando uma curta faz o mesmo trabalho.

As palavras longas não o fazem parecer mais inteligente, a não ser que sejam bem utilizadas e contextualizadas. Na maior parte das vezes o uso destas palavras só transmite uma imagem de quem escreve como uma pessoa arrogante e pretenciosa.

Quando Hemingway foi criticado por Faulkner pela sua limitada escolha de palavras, isto foi o que ele [Hemingway] respondeu:

Poor Faulkner. Does he really think big emotions come from big words? He thinks I don’t know the ten-dollar words. I know them all right. But there are older and simpler and better words, and those are the ones I use.


3 - Se é possível eliminar uma palavra, faça-o!

A grande literatura é simplesmente linguagem carregada de sentidos até ao mais elevado nível possível. De acordo com isto, qualquer palavra que não contribua para o sentido de uma passagem, dilui o seu poder. Menos é sempre melhor.


4 - Nunca use a voz passiva se pode utilizar a voz activa.

Esta é frequentemente quebrada porque a maior parte das pessoas não sabe fazer a distinção. Mas aqui vai um pequeno exemplo:

O homem foi mordido por um cão (passiva)
O cão mordeu o homem (activa)

A voz activa é melhor porque é mais curta e pujante.


5 - Nunca use uma palavra estrangeira, uma palavra científica ou calão quando pode utilizar uma palavra comum.

Esta regra só deve ser utilizada tendo o leitor comum em vista. De certeza que ninguém quer, depois de escrever, continuar a explicar por tempo indeterminado o que é que queria transmitir. O objectivo é que a nossa ideia seja transmitida e espalhada com eficácia, certo?


6 - Quebre estas regras antes de escrever uma enormidade.

Existem excepções para tudo. Basta utilizar o bom senso.



Estas regras são fáceis de memorizar, mas dificeis de aplicar.
Este texto foi traduzido em cima do joelho e com muito pouco tempo, tenho a certeza que se revisto irá contra uma ou outra regra aqui descritas. Mas para isso conto sempre com a malta sádica que gosta de me aplicar chibatadas psicológicas.

12 comentários:

sem nexo nem sexo disse...

Posso ser do contra?

André disse...

Não vejo como, mas força!

sem nexo nem sexo disse...

Quer dizer, a escrita tem a ver com exprimir por palavras o que se sente. Concordo que num C.V. se dirija por regras, mas no fundo um texto, uma carta, uma declaração é bem bonita se não seguir regras.
Gosto mais de ler "in your face!!!!" do que "toma lá que jà almoçastes" - e espero que tenhas reparado no S a mais no fim do almoço.

O Amor tomou conta do meu coração
é bem mais bonito que Eu amo te. Mas no fundo penso que a escrita deve ser um prazer e recuso me em seguir regras para exprimir o que quero dizer.

Got it?

André disse...

Então não segues regras gramaticais nem de estrutura, já para não falar em todas as outras que nos rodeiam?

sem nexo nem sexo disse...

tento dormir descansada de que consegui um equilibrio entre a minha vontade e as regras impostas...

André disse...

Eu sou anarca (a sério!), mas apesar de o ser sigo certas regras fundamentais - não confundir com leis. Se não o fizesse, as coisas seriam muito confusas.
Mas as regras não são absolutas, se reparares. Deixam sempre espaço (6) para as excepções e o bom senso.

sem nexo nem sexo disse...

fiuuu que alivio!!!!
6 regras?
Hoje em dia deveriam ser as seguintes (e tb sou anarca)

Nada de LOL!!!
Nada de ;), :( e outros!!!
Nada de "Keres?"
Não é não e nada de n
Educação.
Substituir as fodas por F*****

Mas isso sou eu.....

sem nexo nem sexo disse...

HAAAA
E não é comestes, fizestes, arranjastes e assim

É comeste, fizeste e arranjaste.

E assim já vamos em bués d coments!!!LOL

;)

André disse...

Abro excepções:

Nada de LOL!!!
Nada de ;), :( e outros!!!

Não costumo abrir excepções:

Nada de "Keres?"
Não é não e nada de n
Educação.
Substituir as fodas por F*****

André disse...

Só mais uma coisa. Adoro ler, mas só livros bem escritos (aqueles que seguem as regras). Os maus meto-os de lado.
E aquilo que eu espero dos outros tento também - com maior ou menor sucesso - seguir esse modelo.

alfabeta disse...

tu gostas é de chibatadas psicológicas.

André disse...

Sou um masoquista de primeira.