segunda-feira, março 26, 2007

Lost in translation

Já estou farto de ouvir que se não existisse tinha que ser inventado - nunca percebi muito bem o que isto quer dizer, mas penso que deve ser uma referência a algo caricato da minha maneira de ser - , mas começo finalmente a acreditar que alguém se enganou na minha concepção.
Mais uma vez ia eu distraído, absorto nos meus pensamentos, a caminho do trabalho. Não sei porquê, mas as pessoas têm a mania de me pedir orientações, logo eu que não sei o nome de quase rua nenhuma.
Ao virar a esquina para começar a subir a rua cujo nome me escapa, deparo-me com um casal: altos, louros, com aspecto de turistas. Reparo que eles têm um mapa e olham para mim, tento fingir que não os vejo mas eles colocam-se à minha frente. Apontam para o mapa e perguntam qualquer coisa que não consigo perceber.
Apesar de não me estar a apetecer dar direcções em inglês, lá faço o esforço. Descubro que o inglês deles ainda é pior do que o meu. - Devem ser franceses ou alemães - Penso eu.
Com o mapa foi mais fácil orientá-los. Apontava e complementava com o inglês mais básico possível.
Estivemos à volta do mapa uns bons dez minutos. Inglês para lá, inglês para cá, apontava e esbracejava, quase que levantava voo. Até que desabafei alto no meio de uma branca que me deu - Como é que se diz passe social? - ao que eles me perguntaram - É português...?
Depois de nos rirmos da minha inaptidão e confusão, eu descobri que o casal era açoreano. Esta malta dos Açores nunca mais aprende a falar português.

4 comentários:

Avelã disse...

ahahahahahah,alem de açoreanos sao assim para o burrinhos, então resolveram perguntar logo a um gajo a partida inglês? logo numa cidade onde é so esticar o braço para encontrar um protugueseco?
ai senhores! andre a malta gosta é de te chatear

André disse...

Não, eles perguntaram em português, eu é que não percebi e deduzi que não estivessem a falar a nossa língua.
E o aspecto deles também me despistou um bocado...

Avelã disse...

tao o burro é voçe! tinha que ter um burro nesta historia

André disse...

Você agora comenta em brasileiro???
Isso é o que dá ver muita telenovela.