segunda-feira, maio 07, 2007

Uma questão de tamanho!

Quem pretender visualizar um tamanho mais longo, visualizar aqui.

O relato de mais uma conversa muito estimulante entre mim e o meu grande amigo João Pinto enquanto bebiamos umas cervejas.
Desta vez tudo girou à volta dos tamanhos e de quais, mais longo ou mais curto, as pessoas gostam mais.
- Mas não achas que elas se aborrecem se for muito longo? Quer dizer, tem as suas vantagens mas se for mais curto é mais concentrado.
- Eu prefiro mais curto, é o meu estilo.
- Pronto! Temos estilos diferentes, mas também não há problema, há gostos para tudo.
Enquanto tinhamos esta conversa interessante, não pude deixar de reparar que na mesa ao lado se discutia muito animadamente. Uma rapariga e dois rapazes falavam também sobre os tamanhos e as suas preferências.
Olhei para o João e desatámo-nos a rir. Até aquela altura não nos tinhamos apercebido que o volume da nossa voz era um bocado elevado - culpa da cerveja - e que toda a gente ouvia a nossa conversa.
- João, estás a pensar o mesmo que eu?
- ...que isto dava um belo momento?
- Sem dúvida! Temos é que meter os dois ao mesmo tempo. O melhor é metermos na segunda-feira.
- Não, eu meto hoje que não vou trabalhar para a semana, e tu metes na segunda-feira.
- Mas não devíamos meter os dois ao mesmo tempo?
- Não há problema. Depois metemos o pequeno e o grande a apontar cada um para si.
- Boa ideia!
Entretanto, já várias pessoas lançavam alguns olhares para nós; e quanto mais observavam com curiosidade, mais elevada se tornava a nossa retórica sobre o tamanho. Os espasmos das nossas gargalhadas abanavam agora o mobiliário que nos cercava.
Quase no fim, antes de darmos por terminada a conversa, a mesa ao lado encerrou a questão do tamanho e decidiu-se pelas caracoletas.
Quanto a nós, não chegamos a nenhuma conclusão. Mas ainda estou convencido que a preferência recai nos textos mais sucintos, com menos palavras. Textos mais curtos!

11 comentários:

sem nexo nem sexo disse...

Opahhhh
Ca chatice...afinal era um texto....


(era isso que queriam como resposta, certo?)

André disse...

Também serve. Mas a tua foi muito pequena... a tua resposta quero eu dizer ;-)

sem nexo nem sexo disse...

Graças a Deus andré!!! Graças a Deus.....

O não anónimo disse...

Bom, como conheço os dois, não me podem acusar de percialidade...

Os do João são de facto um pouco longos, mas isto dito por quem quando consulta um Blog tem pouco tempo para o ler, se tivesse mais tempo, os do João estariam no limite.

Os do André estão na medida exacta para leitura rápida, mas no entanto os do João estão mais bem escritos, e por isso e não só, são mais longos.

O não anónimo disse...

Digo, parcialidade... Engano meu!

André disse...

também concordo contigo não anónimo, o João escreve de facto muito melhor.

O não anónimo disse...

Pois é André, dei-te porrada sem hipótese de me reponderes, nem tinha dado conta.

No entanto, reparei que queres recuperar o tempo (tamanho) perdido, os teus posts subsequentes possuem mais metragem... Mas olha que metragem não implica necessariamente qualidade.

moimeme disse...

Este pseudo anónimo não tem mais nada que fazer na vida..???

O não anónimo disse...

Há alguém que insinua que eu não tenho nada que fazer na vida...

De facto, eu comento de forma maciça neste Blog.:-))))))))

Tenho tanto que fazer, que até queria ter tempo para criar um Blog com o nome: "a vidinha é uma tanga"... Mas não tenho, ainda bem que há quem tenha.

moimeme disse...

A revolta do pseudo anónimo!
ahahahahahaha
Realmente a Minha Vida é de Tanguinha! Preta de preferencia!

João Pinto disse...

Muito obrigado pelo elogios (Não anónimo, depois pago-te os 20 Euro que te prometi!!). Caro Andre, acima de tudo, julgo é que temos dois tipos de escrita diferentes. Um grande abraço!!