segunda-feira, maio 28, 2007

Pesadelos e beatas

Ontem (no aniversário da minha irmã) comi demasiados ovos, o que me fez ter pesadelos durante a noite. Vão-me chamar maluco, mas adoro pesadelos; na altura fazem-me acordar suado e com algum...digamos "respeito", mas depois costumam ser óptimo material para histórias. O de hoje à noite foi particularmente interessante - estou "mortinho" por começar a escrever a história.
Mudando de assunto mas mantendo o registo de pesadelo; alguém próximo de mim chegou à conclusão que tentar fazer amizade com gente beata é perder tempo. Uma simples razão para que seja assim é a tentativa de conversão permanente que estes zoombies infligem a quem se aproxima deles. Eu, por princípio, não gosto de gente demasiado religiosa - se forem só um bocadinho já não me importo -, e por isso tendo a não me aproximar destas criaturinhas. Mas pobres dos incautos que não sabem do que esta gente é capaz!
E assim foi o meu fim-de-semana: divido entre pesadelos e ovos.

1 comentário:

Patrícia Cardoso disse...

ainda tenho lá mousse de chocolate!!!