quarta-feira, julho 06, 2005

Infiel ou infiel

No último post que escrevi, mencionei animais acossados. O que me fez lembrar, imediatamente, os gajos e as gajas que são infiéis (no programa fiel ou infiel) e que depois são confrontados com a sua "cara metade", mais o público, mais o palerma do apresentador.
Com todo este cenário montado junte-se ainda o facto de quem lá vai, ser um pouco bronco(a). Tudo isto junto dá direito a um espectáculo muito triste: O público a mandar apupos, o apresentador com a sua gargalhada equina e o "animal acossado" aos coices e a grunhir o mais alto e ferozmente que consegue.
Eu já aqui disse que o mais normal na natureza humana (e de resto, na natureza) é a poligamia. Embora eu não o seja (também não tenho oportunidade para isso) consigo compreender muito bem o conceito. Junte-se à "normalidade" as gajas boas-todos-os-dias, e para elas os gajos cheios de músculo (e broncos todos os dias)...et voilá! Sai um par de cornos.
Se querem fidelidade, comprem um cão.

1 comentário:

Dizeres Meus disse...

Pois é caro André,
mas mesmo os cães, às vezes fogem ao dono por causa de uma cadela...