segunda-feira, janeiro 22, 2007

De volta ao papel

Quando estou em casa, no sofá, tenho sempre montes de ideias de textos para o blog.
Infelizmente, como sou preguiçoso, não me apetece sair do sofá, ligar o PC e começar a escrever. Este tem sido um grande impedimento na minha produção escatológica.
A solução que arranjei, demorei um pouco a chegar a ela. Mas cheguei!
Neste momento (no momento em que isto foi escrito) de criação, estou no sofá a escrever num caderno. Sim, estou a utilizar papel e caneta.
Estou a dar cabo do pulso; isto significa que esta noite não vou poder "ver" nenhum filme pornográfico.
De qualquer maneira, estou satisfeito. Já posso comentar o que quiser sem levantar o rabo do sofá. Acho que estou a ficar com escaras...

2 comentários:

Marciana disse...

Posso sempre recomendar-te umas pomadinhas porreiras para rabinhos assados. Optima ideia a de escrever em papel,poderia adopta-la, o chato é que não me lembro de ter tempo para me sentar no sofá, nem a ver filmes pornograficos.

André disse...

Mas o que é que a menina anda a fazer à noite?
Acho que deixei a ideia errada de que vejo filmes porno em catadupa. Não! Só de vez em quando...