sábado, abril 02, 2005

Os sabichões do nosso país

O português tem a mania que sabe tudo. E recusa-se a dizer que não sabe!
Ora, esta é uma mania um pouco prejudicial, se não completamente autodestrutiva.
Acontece que, por causa deste fenómeno, a quantidade de ignorantes/broncos, cresce a olhos vistos.
E qual a razão deste fenómeno? Eu creio que existe um forte complexo de inferioridade a nível nacional, tipo: - Não sei nada, mas ninguém o saberá!
Parece que há fama, só entre nós (portugueses), que sabemos conversar sobre um bocadinho de tudo. A verdade é que não sabemos um bocadinho de nada!
O pior é que as pessoas que têm a coragem de reconhecer que são ignorantes n'algum assunto, são tristemente "marcadas" com o carimbo BURRO! ao perguntarem algo a alguém.
Acaba por ser um pouco uma pescadinha-de-rabo-na-boca, porque são poucos os que têm a humildade de perguntar, e cada vez mais proliferam os verdadeiros burros.
Eu não tenho dúvidas em relação a este ser um fenómeno típicamente nacional.
Por isso, se de hoje para a amanhã, se alguém vos perguntar alguma coisa, a qual esteja em discussão/apresentação nesse momento, pensem que, muito provavelmente, essa pessoa é, não só curiosa (o que é bom), como possui um intelecto acima da média. Razão: Porque se alguém é curioso, sempre o foi. E se sempre o foi, deve possuir uma cultura acima da média.
Em conclusão: Se gozarem connvosco ao fazerem uma pergunta, não se preocupem. Há grandes hipóteses de que o bicho-rídiculo-dos-pântanos-da-cretinice, saiba muito pouco de tudo!

Sem comentários: