terça-feira, setembro 13, 2005

Iniciativa para principiantes - desfecho.

Para fechar a história 'Iniciativa para principiantes', finalmente consegui falar com a chefe.
Enquanto eu lhe explicava, sucintamente, as minhas iniciativas e razões, uma colega minha apontava o dedo para mim e dizia "Foi ele! A ideia foi dele."
Admito que parece irreal e trazido d'um qualquer jardim infantil, mas foi assim que aconteceu.
De nada adiantou este passa a batata quente, pois a chefe concordou que eu tinha agido bem.
Não fosse eu estar habituado a viver numa espécie de mundo surreal...

16 comentários:

O não anónimo disse...

Já não vinha aqui faz tempo… Quando venho encontro logo DISTO…
[..estória...]??????? huaaaaaaaaa huaaaaaaaa,
isto é o que dá em ser armar aos cucos,
sem saber bem o que está a escrever...
Aprende a !!!grafar!!!...

Consltar os links

http://ciberduvidas.sapo.pt/php/resposta.php?corpo=187|0197

http://ciberduvidas.sapo.pt/php/resposta.php?corpo=72|0197

O não anónimo disse...

Quem não quiser "Consltar" sempre os pode «Consultar».... huaaa huaaa, [...ser armar...] é privado!!!!
Será um Enigma ou Inigma???? hooo hooo hooo...

André disse...

Queres dizer que eu estou errado em escrever "estória"?

Consulta:
http://ciberduvidas.sapo.pt/php/resposta.php?id=11273&palavras=est%F3ria

Já agora, uma quantidade de escritores e tradutores que eu não consigo especificar, dado o seu enorme número, grafa desta maneira. Talvez se lesses mais (ou alguma coisa) te apercebesses deste facto.

o não anónimo disse...

huaaaaaaaa huaaaaaaaaaa!!!

Coloco novamente o teu link..

http://ciberduvidas.sapo.pt/php/resposta.php?id=11273&palavras=est%F3ria

Lê o que lá vem, nesse link há apenas a descrição do fenomeno sem, sem opinião formada, e lê os outros linkssssss que são CLAROSSSS.

E adiciono o seguinte...
No dicionário da Academia das Ciências de Lisboa, o mais actual, após o acordo e, considerado "o dicionário" NÃO vem Estória.... Hooooooooooo......

Na ultima ver. do Houaiss, que eu tenho, vem:

Regionalismo do BRASILLLLLLLL (do BRASIL)hooooooooo, e Diacronismo antigo.... Hooooooooooooo novamente......

E já agora, perguntei a um pro. da texto editora, que me está muito próximo e, não usa Estória, hoooo hoooo hooooooooo......

e para rematar.... tcham tchammmmm!!!

Sigamos o nosso Camões, que escreveu histórias na estância 39 do Canto VI de Os Lusíadas:

Até me doi a barriga de tanto rir, a sério...

o não anónimo disse...

Já aguora discobre os herrros no testo antirior, nao querú que sejas o unicú a bardar...

o não anónimo disse...

Interesante....

Colocar no google (em pt)

estória, ao qual o Google responde

Será que quis dizer: história

Linnnndooo....

o não anónimo disse...

Ou será interessante..... no post anterior.
Huaaaaaaa huaaaaa...

André disse...

Eu só te pergunto se está errado?
A utilização de "estória" está errada?
É uma pergunta muito simples, no entanto prevejo que sentirás grande dificuldade em responder e andarás às voltas do assunto. E mais, prevejo que dirás que que não querias faltar à minha previsão.

o não anónimo disse...

Aqui fica claro a tua dificuldade em interpretar o que está escrito...

Bom, se depois de tudo o que eu "postei", e foi muito, não sabes o que eu queria dizer.... Então nem com gráficos em 3D a coisa vai lá...

Ou será «por absurdo» que escrevi tudo aquilo para afirmar que "estória" está correcta. É para rir...~

Fica claro que para ti há muita dificuldade em interpretar.

Já que afirmas que leste muito, então da para ver que não foi o suficiente..........

o não anónimo disse...

Erro erro

o não anónimo disse...

Erro erro

o não anónimo disse...

A "não resposta" é por sí uma resposta....

André disse...

Como sempre estás errado, ou melhor, confuso.
Apesar de, supostamente, ser uma palavra que já não deveria ser muito utilizada, ainda o é...e não só em Portugal!
Além disso, como tu o disseste, tem entrada no Houaiss...será erro???
Também espero que não consideres que o Prontuário Ortográfico não seja relevante.
Tem piada que tu consegues sempre ter dúvidas em relação às "coisas" que estão na fronteira do certo e do errado; do que pode ter significados contrários. É ainda mais interessante que tu não consigas discernir estes casos.

o não anónimo disse...

Confuso?
Bom, não sou eu que necessito de sim ou não como resposta (o texto era muito confuso para ti)

Bom, vamos ao Houaisee: já é suficiente para partires o nariz…
Na última versão, que eu tenho ( não sei se sabes o Houisee é Português Europeu e também do Brasil, o mais amplo), diz:

1-Diacronismo antigo.
2-Regionalismo do Brasil

Saberás o que isso significa?!?!? Estou a ver que não, pois se soubesses não teria citado novamente o Houisse… Tirito no pé... Hoooooooooooooooo!!!!

No […Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, a palavra estória tem várias acepções, sendo a 1.ª «o mesmo que História» a 2.ª «narrativa de cunho popular e tradicional; história» e descreve a sua etimologia como «do inglês "story" (séc XIII-XV)…], por isso vem no Houaiss mais recente vem “ Diacronismo antigo”, não sei se saberás o que significa, tanto é que o […Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea, da Academia das Ciências de Lisboa, só aparece história abrangendo tanto um sentido como outro. …], também não sei se sabes o significado/objectivo deste último dicionário, tendo sido lançado após o último acordo ortográfico.


Já agora em relação a [... Tem piada que tu consegues sempre ter dúvidas em relação às "coisas... (etc)] Eu não disse que as tinha, se as tivesse não tinha dito o que disse.
Já agora, todos no ciberdúvidas das 8 perguntas, só duas tem resposta, uma é descritiva (não dando nenhuma opinião) a outra dá opinião, forte e fudamentada, a qual eu transcrevo para quem quiser ler (ver a relação com o diacronismo antigo)

Não são sinónimos. É a mesma palavra com dupla grafia, e derivada do latim «historia(m)». No português medieval, escrevia-se historia, estoria, istoria, assim como homem, omé, omee (com til no 1.º e), ome. Compreende-se, porque a ortografia ainda não estava fixada.
No Brasil, talvez por influência do inglês «story» (conto, novela, lenda, fábula, anedota, etc.) e «history» (narração metódica dos factos notáveis ocorridos na vida dos povos), começaram a empregar o português antigo estória para significar o mesmo que o inglês «story». É uma palermice, porque, até agora, nunca confundimos os vários significados de história. O contexto e a situação têm sido mais que suficientes para distinguirmos os vários significados. A estória só vem confundir as pessoas.
Seria ridículo começarmos, por exemplo, a empregar homem para indicar o ser humano em geral, isto é, a espécie humana, a humanidade; e omem, para designar qualquer ser humano do sexo masculino, como por exemplo em «aquele omem que está ali», «o omem (= marido) da Joana», «sanitários para omens», etc.
Alguém teria cara para abraçar esta ridicularia? Mas têm-na para escrever história e estória.
Sigamos o nosso Camões, que escreveu histórias na estância 39 do Canto VI de Os Lusíadas:
«Remédios contra o sono buscar querem,
Histórias contam casos mil referem».

o não anónimo disse...

o que eu gosto mesmo na resposta anterior é (ver final):

[...Alguém teria cara para abraçar esta ridicularia? Mas têm-na para escrever história e estória.
...]

Até parece que ele conhece o Adrézitooo...
Hoooooooooooooooooooooooooooooooo....

André disse...

Tenho que dar o braço a torcer. Mas não é por causa das tuas pobres explicações e estúpidos gozos.
Li uma explicação na net que me elucidou:
http://educaterra.terra.com.br/sualingua/08/08_estoria.htm

Apesar de ser errado, não considero que a culpa seja minha. A palavra é muito utilizada. E se lesses mais (alguma coisa) perceberias que é assim e provavelmente cometerias o mesmo erro, por simpatia.