segunda-feira, outubro 23, 2006

O Senhor das Moscas e o Cão dos Baskervile

Para mim os cães são como as crianças, ou vice-versa. Não posso dizer que adoro cães ou crianças, gosto de alguns cães e algumas crianças, a maior parte acho-os insuportáveis.
Gosto do meu cão e gosto da minha sobrinha (diferentes tipos e graus de amor, claro), gosto de mais alguns cães e alguns putos, do resto fujo!
Detesto cães estúpidos ou maus, tal e qual como detesto crianças burras ou mal educadas. Pronto, até posso admitir que a culpa não seja das criaturas mas sim dos donos/progenitores. Mesmo assim não me consigo obrigar a gostar ou aceitá-los.
Os cães são os melhores amigos do dono. Acredito perfeitamente! Mas, provavelmente, só o são do dono.
As crianças são criaturas inocentes e angélicas. Pois claro que são! Quem o diz nunca viu várias juntas.
Depois de longos anos de pesquisa aturada e de observação dos habitats destes seres estou finalmente em posse de resultados que vão abalar o mundo tal e qual o imaginou.
Após ter chegado à conclusão que o cão agrada o dono porque este representa o macho alfa do seu grupo, e também porque o senhor lhe providencia todos os confortos e necessidades básicas para a sua sobrevivência, defini o amor do cão pelo dono como uma expressão dos instintos mais básicos de qualquer ser vivo com a adição de algum poder de associação. Assim o mesmo se passa com a criança até idade ainda não determinada por este estudo (talvez três anos). A criança, que possui não só poder de associação como também já algum remoto raciocínio, é motivada nos seus carinhos ao progenitor não pelo amor - cuja noção ainda não está desenvolvida - mas por necessidade.
Retirada a emoção nos factores cão e criança, pude continuar a resolver a equação. No entanto a emoção não pôde ser eliminada, teve que ser movida para o factor adulto. Isto deu-me o resultado de adulto possui emoção ou adulto igual emoção, ambos válidos.
As minhas conclusões colocam a emoção transmitida não pelos pequenos seres mas pelos já grandes e formados; as crianças e os cães servem assim de transporte das emoções do adulto; abro excepção para a criança que tem uma evolução continuada enquanto o cão não.
Em conclusão, o homem é o melhor amigo do homem, da criança e do cão.

14 comentários:

O Anarquista Duval disse...

Huuuummm...talvez tenhas razão.

leonardo marona disse...

muito bom o site. ahcei sem querer e agora vou começar a vir direto.

Sophia disse...

Fofuxo...já tinhas saudades minhas aqui??Vá não te faças de difícil :P

Bjokinhas

Patrícia Cardoso disse...

Viva o KIKO!!!

cantinflas disse...

"detesto crianças burras ou mal educadas"

Isso deve ter a ver com a sua infância!

André disse...

Não me parece.

André disse...

Mas da maneira que se picou é porque deve ter sido uma, ou então é obrigado a aturar uma (ou várias) e continua a pensar que sentimentos como a raiva não são humanos.

João Pinto disse...

André, a adopção do nick "cantinflas" não augura nada de bom.
por acaso estive a ler o blog do referido (não vou lá mais obviamente, mais que não seja para não reforçar o número de visitantes do seu espaço virtual. Enfim, é mais um daqueles espaços para bater nos políticos em geral, e na esquerda em particular.
Mas julgo que ele tem razão quando afirma que "isso deve ter a ver com a sua infância"!!
Da minha parte, pelo menos, desde tenra idade que me fartei de aturar crianças mal educadas e burras e continuo exactamente com esta perspectiva!!
Mas como é evidente, são necessários alguns cantinflas para aturarem as crianças burras e/ou mal educadas, mais que não seja porque todos nós temos tendência a tolerar e a ter alguma simpatia por realidades com as quais nos identificamos!!

André disse...

Sabes sempre o que dizer. Quanto a mim, a minha boca fica sempre soldada pela raiva impedindo-me de responder à letra.

Inspector Serôdio disse...

Pois, «o homem é o melhor amigo do homem, da criançça e do cão».
Tou a ver...

Mas ca ganda larilóide que tu me saíste!

André disse...

Oh palhaço serôdio, vieste parar ao meu blog depois de uma procura no Google pelo Marco Paulo - eu tenho um post sobre ele - acho que isso também diz muito sobre ti.
E outra coisa, como não gosto de melgas anónimas, fica aqui já assente que sei que trabalhas no Ministério da Saúde. Queres que descubra mais coisas?
Pseudo-intelectual da treta!

Inspector Serôdio disse...

Ó larilóide, e já que sabes mais que eu, diz-me lé em que hospital?
(se calhar até é num dos que fechou)?

André disse...

Estou-me a cagar para ti, tu queres é conversa.

João Pinto disse...

André, tem calma!

Para já, o tipo é gago!!!

No perfil dele aparece "Sporting, Sporting, Sporting" (coitado!!) e "gajas, gajas, e viajar"

E a indicação destes interesses diz tudo de uma pessoa!!
Se ele indica no perfil que é "homem", qual a necessidade de afirmar nos interesses "gajas, gajas"??
Não está intrínseco ao facto de ele indicar que é homem!!
Só se tem dúvidas quanto a esse facto, tipo: "mamã!! mamã!! Eu gosto mesmo de quê????" e a paciente mãe: "de gajas, filho, tu gostas é de gajas!!"