quarta-feira, junho 22, 2005

Portugal selvagem

Finalmente acorrentaram uma mulher, pelo pescoço, a um tanque de roupa! Estou a brincar. Mas convenhamos, tem a sua piada.
E depois houve um jornalista que perguntou a um nativo o que é que ele achava de toda aquela situação e não é que ele respondeu mais ou menos isto:
"Acho mal (o homem) ter prendido a mulher ao tanque durante oito dias. Isso não se faz. Se a mulher fez alguma coisa errada era dar-lhe umas lambadas (...)".
Se não entenderam onde está a ironia desta argumentação, então também fazeis parte do sistema.
Ainda digo eu que tenho algumas características de machista...este é mesmo um país de atrasados merdais!
E depois não fiquem surpreendidos com o que pensam de nós lá fora, porque a realidade é que a grande maioria dos tugas (detesto esta expressão) são uns selvagens.

1 comentário:

O Anarquista Duval disse...

É verdade...cá estamos...é a vida...é a vontade de deus...o antigo regime é que era...até amanhã, se deus quiser...graças a deus...oh!credo!...oh!deus meu!...é bom rapaz, trabalha muito...Um povo que utiliza estas expressões todas e mais algumas, só se podem esperar afirmações dessas! pois é eu também vi o atrasadinho a dizer isso.