segunda-feira, junho 27, 2005

Monty Python's Flying Circus em Portugal

Estou a pensar muito seriamente em telefonar ao John Cleese numa tentativa de reunir de novo os Monty Python's. Perguntam-me, como conseguirei??? Muito simples, apresentando um argumento com uma qualidade para além das expectativas mais elevadas, com um humor non-sense fantástico e situações cómico-absurdas nunca antes vistas.
E o que é melhor, não necessito de usar a imaginação, basta viver em Portugal!!!
Digam-me lá, que melhor sketch do que este:
" No norte de um país à beira mar plantado, existe uma estrada que atravessa um aeródromo, com um sinal à passagem da pista com indicação para o automobilista de parar, escutar e olhar antes de a atravessar. Eis quando o automobilista, depois de se deparar com o sinal, pára, escuta e olha, olha principalmente para o chão a pensar que estão a gozar com ele porque não vê sinais de linhas de caminho de ferro a atravessar aquele ponto,e nunca ouviu falar de uma estrada que atravesse um aeródromo, nem isso lhe passa pela cabeça. Depois de uma pequena risada de escárnio avança, sendo albaroado por uma avioneta que estava a descolar, ficando feito em pedaços (ele, a avioneta e o seu piloto). Só falta mesmo, depois disto tudo, o referido condutor sair do meio dos destroços, com a roupa toda rota e com fuligem por todo o corpo, dirigir-se para a câmara de filmar e dizer "it'sssss.......!!!! e começar a música de lendária série de humor"

Sinceramente, que país é este?? Uma estrada que atravessa um aeródromo????? E vem a entidade reguladora da aviação referir que nada tem a ver com isto porque a aeronave descolou para além da zona normal para o efeito!!!! Mas o conceito de segurança não se aplica exactamente para que quando algum imprevisto aconteça não se lamentem vítimas ou outros estragos materiais???

O que iremos ver agora depois disto??? A colocação de bandas sonoras no aeródromo para obrigar as aeronaves a reduzir a velocidade para evitar os acidentes (se conseguem ou não levantar voo por causa disso é outra questão, que depois as cabeças pensantes deste país irão tentar solucionar, nem que seja com o recurso a uma fisga gigante apontada para o ar!!); A colocação de Airbags frontais nas máquinas voadoras???; Ou tipo Malucos das Máquinas Voadoras, com o trem da aterragem a aumentar de altura automaticamente até aos 3 metros para passar por cima dos carros em caso de perigo de choque??
Se calhar o melhor é ir buscar à C.P. uma daquelas senhoras que agita uma velha bandeira minúscula à passagem de cada combóio para ir actuar desta forma no aeródromo??!!!!

Sinceramente, isto não só revolta como entristece!! Sinto cada vez mais vergonha de ser português derivado destas situações! Parece que estou a ver o mundo civilizado agarrado à barriga de tanto rir!!!!

1 comentário:

André disse...

Mas temos os Gato Fedorento...não há necessidade de ir chatear os camones.