sexta-feira, outubro 16, 2009

Que coisa!!!

Quando era puto os adultos conversavam de forma ininteligível: ou falavam em línguas exóticas, ou utilizavam a universal coisa. Agora que estou quase a chegar aos quarenta, e estou quase a chegar à idade adulta, começo a perceber um pouco de línguas e de coisas. Quero dizer, pensava que estava a começar a coisar a coisa, até ler isto:

"A coisa e a obra
O que é na verdade a coisa, na medida em que é uma coisa? Quando assim perguntamos, queremos conhecer o ser-coisa, a coisicidade da coisa. Importa experienciar o carácter coisal da coisa. Para tanto, temos de conhecer o âmbito a que pertencem os entes a que, desde há muito, chamamos com o nome coisa."
Martin Heidegger, A origem da obra de arte, Biblioteca de Filosofia Contemporânea, Edições 70, p. 14, Lisboa.

Now, I'm totally coisado!

1 comentário:

Ritinha disse...

É a coisa e tal da tal coisa..