sexta-feira, abril 21, 2006

Disfarça pá!!!

Porquê que sempre que tento falar com alguém, com um tom de voz subtilmente baixo, invariavelmente me respondem com um grito - O QUÊ?!
Seria de esperar que entendessem que o tom é propositado e pede uma resposta ao mesmo nível de décibeis.
A minha reacção seguinte é realçar ainda mais o tom da minha voz, e ao mesmo tempo, com as duas mãos, faço o sinal de aterragem. Às vezes também costumo abrir muito os olhos... Normalmente os histéricos percebem mais ou menos os sinais, mas se for um histérico crónico estou bem arranjado. Quais sinais! Quais tom de voz! Quais carapuça! Nada resulta.
O passo seguinte, nestas circunstâncias, é envergonhar este histérico - Olha, amor! Logo à noite não te esqueças dos preservativos. Está bem??? - o que normalmente resulta... e tem sempre piada.
Eu desconfio que os histéricos o são nestas alturas de propósito só para me obrigarem a gritar aos quatro ventos o corte de casaca que estava prestes a murmurar. Mas estes gajos são uns santinhos!?
Já descobri um truque porreiro para que os animais não me respondam com um berro: chamo o energúmeno à parte, abanando uma nota de cinco euros (sem qualquer intenção de a dar) e fazendo o sinal universal de silêncio - E resulta? Se resulta!!!

Sem comentários: