quinta-feira, maio 12, 2005

Outros olhos, outros filmes.

O grande problema em vêr demasiados filmes por muitos anos é que nos vamos tornando cada vez mais exigentes em relação à credibilidade da história e dos personagens: não interessa se é passado num universo Tolkeniano ou Spielbergiano.
E eu sofro desse problema. Já não consigo maravilhar-me com qualquer coisita como quando era puto. É uma chatice, porque agora é raro aparecer um GRANDE filme.
Tomemos o caso dos filmes de terror. Eu era completamente fã desse género e consumia tudo que houvesse, agora... quase não consigo ver um filme de terror sem soltar um bocejo ou uma gargalhada atónita e aparvalhada, a não ser que seja realmente bom.
O mesmo se passa com os de ficção científica, e de fantasia.
Os filmes (a maior parte) simplesmente já não me dão a música que me davam.
Admiro aquelas pessoas que, apesar de verem filmes há tanto ou mais tempo do que eu, continuam a maravilhar-se com qualquer filme cuja temática seja na área da ficção, apesar de serem um autêntico "barrete"! Admiro estas pessoas. Ao mesmo tempo sinto que não evoluiram por continuarem a vêr filmes com os mesmos olhos ingénuos que tinham na pré-adolescência.
Com isto tudo não quero dizer que olho com desdém os filmes que me acompanharam ao longo da minha vida. Continuo-os a vêr, repetidamente, e não me canso!

3 comentários:

Dizeres Meus disse...

Mas olha, eu tambem sou assim,
Não gosto de filmes de Teror desde 1986.
E acho que só se tem feito M***A ultimamente.

André disse...

Só por curiosidade, qual foi o último bom filme de terror que viste?

Lullaby disse...

Não sou grande fã dos filmes de terror..mas há pouco tempo vi um filme de terror cómico(será que posso chama-lo assim??) enfim, gostei e chama-se "Zombies party" !!! mas tenho que concordar que ultimamente os filmes tem uma tendencia a ser uma treta, o que mais me impressiona é o dinheiro que gastam a fazer grandes tangas sinonimo de grandes produções!!!