quarta-feira, novembro 30, 2005

Tende pena de mim. Estou doente!

Eu detesto conversa de doenças, então quando alguém que eu não gosto particularmente ou uma pessoa estranha me vem falar das doenças que teve/tem, a minha reacção, se bem que não é visível, é de repulsa e de "o que é que eu tenho a ver com essa merda?".
Pior ainda, patético até, é quando são homens crescidos a falar das suas doenças. Repugnante!
As descrição das doenças é assunto para o médico ou para casa.
Adoeçam para dentro, seus mariquinhas!

2 comentários:

Dizeres Meus disse...

Mas olha que eu acho que se deve falar das doenças
pois olha que eu até estou estranho, segundo a croma não anónima dizia, eu sou um procariota, o que faz de mim um ser com um ADN muito básico, como um virus ou uma bactéria, ou mesmo uma alga azul.
é grave doutor?

André disse...

Eu é que estou (pateticamente) doente.
E mais não me queixo!